18 de abr de 2017

UM JUIZ A ALTURA DE LULA

Cheguei a conclusão que meu vizinho petista não deseja um julgamento justo para Lula e sim o Juízo Final, aquele narrado por São João no Apocalipse.
Ele não compreende as limitações da Justiça humana, não compreende a necessidade de um objeto e uma limitação para haver um julgamento, não compreende que só pode fazer parte de um processo algo que está relacionado a ele.
A Justiça dos homens é assim, limitada e cheia de falhas. Mas a Justiça Divina não, é absoluta. Num julgamento Divino todos seriam julgados, até o pessoal do PSDB não foram citados pelo Janot, com provas incontestáveis, aquelas que só Deus pode conhecer e não a PF coxinha, sem a imprensa golpista, sem o Ministério Público para atanazar com PowerPoints, sem a população para bater panelas sem a autorização do PT, de forma perfeita, tranquila, inapelável, irrecorrível, sem jurados, sem mentiras e sem as imperfeições e limitações da Justiça humana.
Desta forma Lula poderia tratar o Juiz com algum respeito, quase como um igual, como se fosse o Hugo Chaves.

Nenhum comentário: